31 de outubro de 2012

Halloween


O Dia das Bruxas influenciou o cinema e também foi influenciado por ele. Sua origem nos remete às Ilhas Britânicas os saxões, colonizadores dos Estados Unidos, trouxeram a comemoração para a América onde se firmou como festa popular. O nome Halloween pode ter se originado por meio de contração do termo escocês: Allhallow-even ou Hallow Evening (véspera de todos os santos).As fantasias, provavelmente, tiveram sua origem na França, entre os séculos XIV e XV, época em que a Europa se encontrava assolada pela Peste Negra e Peste Bubônica, a população preocupada com infecções cobriam todo o corpo com fantasias.

A utilização das abóboras na festa de Halloween descende da celebração do Samhain celta. Conta a lenda que Jack Miserável (Jack O’Lantern) foi punido por Deus e pelo Diabo a vagar pelo limbo, para iluminar seu caminho o Demônio jogou-lhe uma brasa a qual Jack colocou em um nabo transformando-a em lanterna. De lá pra cá o nabo transformou-se em abóbora e é o adereço mais utilizado no Dia das Bruxas, principalmente nos Estados Unidos.

Tor Johnson atuando no filme Plano 9 do Espaço Sideral
O Halloween deixou de influenciar para ser influenciado pelo cinema. O diretor Ed Wood, considerado por muitos críticos o pior diretor de todos os tempos, por não prezar muito pela continuidade e pela qualidade, mas sim pela liberdade e criatividade, trouxe no elenco de seu maior sucesso, Plano 9 do Espaço Sideral (Plan 9 For Outer Space – 1956), que na época foi considerado o pior filme de todos os tempos, um ex-lutador de luta livre sueco, Tor Johnson. Nos anos 70 foi criada uma máscara de expressão facial que foi o maior sucesso no Halloween, até os dias atuais podemos ver sua expressão desenhada nas abóboras do dia das bruxas.

Plano 9 do Espaço Sideral - Filme Completo


Vampira X Elvira
Em 1994 Tim Burton dirigiu um longa baseado na vida de Ed Wood, homônimo, trazendo Johnny Depp no papel do cineasta e George Steele interpretando Tor. O elenco conta ainda com Sarah Jessica Parker e Martin Landau, agraciado com seu primeiro e único Oscar pelo papel do inesquecível Béla Lugosi, que se tornou amigo de Wood no fim de sua carreira. Ed Wood possuía uma obsessão por Maila Nurmi, atriz finlandesa que também participou do Plano 9. Nos anos 80 ela abriu um processo contra a atriz Cassandra Peterson, criadora da personagem Elvira, Maila alegou que sua personagem Vampira foi plagiada por Cassandra, mas foi derrotada no tribunal. Maila também tinha um programa na TV, The Vampira Show, muito semelhante ao que viria a ser o programa de Zé do Caixão de horror trash.

Ed Wood - Filme Completo


Tim Burton e os estúdios Disney aproveitaram o gancho do Halloween para estrear Frankenweenie, que chega às telonas do Brasil dia 02 de novembro. Apesar de ser uma animação mais voltada para o público infantil, não deixa de ter os trejeitos característicos (e por que não assustadores?) de Tim Burton. Com ar de expressionismo sueco e um Q de estilo gótico, o filme conta a história de Victor Frankenstein e seu cão Sparky que perde a vida em um acidente de carro. Inspirado em um livro de Mary Shelley (qual será?) ele tenta trazê-lo de volta a vida. Burton já havia viajado nesses cenários em filmes como A Noiva 
Cadáver e Edward, Mãos de Tesoura.

Confira o Trailer de Frankenweenie:


Johnny Depp e Tim Burton
Johnny Depp, frequente colaborador de Tim Burton, também já participou de vários filmes com temática sombria, além de Edward e do fraco Sombras da Noite, também de Burton, participou do clássico A Hora do Pesadelo, de Freddy Krueger, seu primeiro filme, interpretando Glen Lantz, namorado de Nancy Thompson que vive atormentada por pesadelos com Freddy, que após ser queimado por pais vingativos, caça e mata adolescentes nos sonhos, que também morrem no mundo real.

Outro clássico visto em maratonas de cinema no Dia das Bruxas é Jason Voorhees, assassino da Sexta-Feira13, ele se afogou em um lago por descuido dos monitores, sua mãe, Pamela, para se vingar, matou todos, menos uma mulher, que conseguiu fugir e logo após a decapitou. O remake de 2009 mostra claramente que Jason presenciou a cena de morte de sua mãe, fato que o leva a matar todos que cruzam seu caminho. Curiosamente ele não mata crianças e não usa arma de fogo em nenhum dos filmes da franquia. Jason é O Poderoso Chefão do terror, a única pessoa que amou foi sua mãe, é quase imortal e ninguém que cruzou seu caminho ficou vivo para contar a história, a não ser o próprio Freddy Krueger, que em 2003 protagonizou Freddy vs. Jason.



Feliz Dia das Bruxas e que o cinema esteja com vocês!